quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

saber doía

Sabedoria...
é saber calar;

nem começar.

não é o cheio

é o vazio
o só
o constante
o insistente.

não é o nascer
é bem mais o poente.

2 comentários:

Eduardo Politzer disse...

cara, tu ja reparou como a frase "colhido no meio de tudo por transpassado" encaixa em todos os poemas???

Ao velho surrealismo de botequim! a mais certa das inspirações


grande abraço Rei

transpassado disse...

surrealismo de botequim é o que há!
viva o acaso, o maior dos poetas!!

abração rei

Seguidores

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.