quarta-feira, 10 de outubro de 2007

como lemos à guerra ou cinelândia de manhã

são as marcas da guerra
garranchadas na carne
arde que toma o gosto amarelado

são as marcas da guerra

esta tão doce guerra.

olhares descompassados miram o infinito de nós mesmos
miram o infinito e esperam.

mas quem espera demais

...

somente espera

é a guerra que o vencedor ganha com o vencido
que o perdedor pode virar amigo
selando a perda por W.O

3 comentários:

lucas vasconcellos disse...

Guerra ó doce guerra... semana que vem tem mais!!

Catharina disse...

Que bom te ler aqui na tela! Tenho um blog tb, caso não saiba. Exrevo direto. VAI LÁ!

BEIJOS ENORMES E SAUDADES MIL

Catharina disse...

ps: ESCREVO direto...esse teclado..

Seguidores

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.